PET que vira combustível. Por Thuanny Moraes.

terça-feira, janeiro 15, 2013

Você termina de beber aquele refrigerante gostoso num dia de calor e faz o que com a garrafa? A resposta mais óbvia seria “separo para reciclagem”, mas e se algum japonês fizesse uma máquina para você jogar essa garrafa e abastecer seu carro? Fique feliz, o japonês existe e fez a máquina


Akinori Ito, que trabalha na empresa Blest, criou uma máquina que utiliza reações químicas entre o plástico das garrafas PET (e de sacolas plásticas também) e água para gerar gasolina, diesel e querosene.



Os plásticos precisam ser colocados limpos na máquina, daí ela os aquece até se tornarem gás. Esse resultado é enviado para uma parte da máquina onde, em contato com a água, ele se torna o combustível desejado.

Akimori avisa que a máquina não queima o plástico, então não corremos o risco de emitir poluição durante o processo de “criação” do combustível.

O aparelho pesa cerca de 1kg e consegue gerar até um litro de combustível. Ele vem sendo apresentando em escolas e eventos ambientais.

Para os catadores de lixo seria uma solução para ganhar mais dinheiro, já que eles ganham em média R$ 0,71 por quilograma de PET coletado, vender combustível seria mais lucrativo não é mesmo?


CURTA A PÁGINA DO QUÍMICA SUSTENTÁVEL